https://api.maptiler.com/tiles/942b5062-cedd-4813-88a5-18b351081243/?key=cnOeKZuh8Sfs6DYtCo9O#14.4/-20.36751/-49.86233
 

PHOTOGRAMETRY

Updated: Sep 10

Photogrammetry is the art, science, and technology of obtaining reliable information about physical objects and the environment through processes of recording, measuring, and interpreting photographic images and patterns of recorded radiant electromagnetic energy and other phenomena (Wolf and Dewitt, . Photogrammetry is nearly as old as photography itself. Since its development approximately 150 years ago, photogrammetry has moved from a purely analog, optical–mechanical technique to analytical methods based on computer-aided solution of mathematical algorithms and finally to digital or softcopy photogrammetry based on digital imagery and computer vision, which is devoid of any opto-mechanical hardware. Photogrammetry is primarily concerned with making precise measurements of three-dimensional objects and terrain features from two-dimensional photographs. Applications include the measuring of coordinates; the quantification of distances, heights, areas, and volumes; the preparation of topographic maps; and the generation of digital elevation models and orthophotographs.

Two general types of photogrammetry exist: aerial (with the camera in the air) and terrestrial (with the camera handheld or on a tripod). Terrestrial photogrammetry dealing with object distances up to ca. 200 m is also termed close-range photogrammetry. Small-format aerial photogrammetry in a way takes place between these two types, combining the aerial vantage point with close object distances and high image detail.

The basic principle behind all photogrammetric measurements is the geometrical–mathematical reconstruction of the paths of rays from the object to the sensor at the moment of exposure. The most fundamental element therefore is the knowledge of the geometric characteristics of a single photograph.




A fotogrametria é a arte, ciência e tecnologia de obter informações confiáveis ​​sobre objetos físicos e o meio ambiente por meio de processos de registro, medição e interpretação de imagens fotográficas e padrões de energia eletromagnética radiante registrada e outros fenômenos (Wolf e Dewitt, . A fotogrametria é quase tão antiga quanto a fotografia, aproximadamente 150 anos, a fotogrametria passou de uma técnica puramente analógica, óptico-mecânica, para métodos analíticos baseados em solução de algoritmos matemáticos auxiliados por computador e, finalmente, para fotogrametria digital , que é desprovida de qualquer hardware opto-mecânico.A fotogrametria está principalmente preocupada em fazer medições precisas de objetos tridimensionais e características do terreno a partir de fotografias bidimensionais. As aplicações incluem a medição de coordenadas; a quantificação de distâncias, alturas, áreas, e volumes; a preparação de mapas topográficos; e a geração de modelos digitais de elevação e ortofotografias.

Existem dois tipos gerais de fotogrametria: aérea (com a câmera no ar) e terrestre (com a câmera na mão ou em um tripé). Fotogrametria terrestre lidando com distâncias de objetos até 200 m também é chamado de fotogrametria de curto alcance. A fotogrametria aérea de pequeno formato ocorre de certa forma entre esses dois tipos, combinando o ponto de vista aéreo com distâncias de objetos próximos e alto detalhe da imagem.

O princípio básico por trás de todas as medições fotogramétricas é a reconstrução geométrica dos caminhos dos raios do objeto ao sensor no momento da exposição. O elemento mais fundamental, portanto, é o conhecimento das características geométricas de uma única fotografia.


1 view0 comments

Recent Posts

See All